Voltar Coleo Completa

QNEsc #26

QNEsc # 26 - Novembro - 2007

capa-26.jpg

 

Editorial

Marcelo Giordan, Otavio Aloisio Maldaner, Wildson Luiz Pereira dos Santos

Editorial

v26a01.pdf v26a01.pdf

Educao em Cincias, Letramento e Cidadania

Helder de Figueiredo e Paula e Maria Emlia Caixeta de Castro Lima

Qumica e Sociedade

educao em Cincia, letramento cientfico, cidadania

Este artigo discute diversos sentidos atribudos ao conceito de letramento na realidade educacional brasileira e no campo da Educao em Cincias. A reflexo acerca da (im)pertinncia do termo letramento emerge de um paralelo esboado entre o avano das ltimas dcadas nas pesquisas e prticas de letramento na rea das linguagens, cdigos e suas tecnologias e o que ocorreu no campo da educao em cincias no mesmo perodo. Essa discusso permite resgatar pontos de vista e abordagens da educao em cincias comprometidas com a formao de sujeitos aptos a reivindicar e a exercer a cidadania.

v26a02.pdf

Opressores-Oprimidos: Um dilogo para Alm da Igualdade tnica

Wilmo E. Francisco Jr.

Paulo Freire, discriminao, Ensino de Qumica

ESPAO ABERTO

Este trabalho um breve ensaio que busca contribuir para a abertura/expanso de um dilogo entre os educadores qumicos brasileiros e a temtica tnica. Discute-se a idia de opressores e oprimidos apresentada por Paulo Freire e a necessidade de superao da situao opressora a partir da prxis. Em seguida, apresenta- se a disseminao de informaes a respeito do envolvimento de povos africanos e seus descendentes na construo da histria brasileira e de conhecimentos cientficos como o primeiro passo no rompimento da situao de opresso.

v26a03.pdf

Formao Inicial em Servio de Professores de Qumica da Bahia: Histria de Uma Vida

Alcione Torres Ribeiro, Nelson R. Ribas Bejarano e Elizeu Clementino de Souza

PESQUISA NO ENSINO DE QUMICA

professor, histria de vida, experincias formadoras

Apresentamos resultados parciais de uma pesquisa de mestrado desenvolvida com alunos do Programa de Licenciatura Especial da UFBA, os quais so professores do Ensino Mdio do interior da Bahia. A pesquisa visa reconstituir a vida pessoal e profissional de trs alunos desse programa, investigando o processo de formao e desenvolvimento profissional destes por meio do mtodo da histria de vida na coleta e anlise dos dados. Apresentamos aqui parte da histria de um dos professores pesquisados.

v26a04.pdf

A Maresia no Ensino de Qumica

Edson J. Wartha, Mrcio de Souza Reis, Marcelo Pimentel da Silveira, Neurivaldo Jos Guzzi Filho e Raildo Mota de Jesus

RELATOS DE SALA DE AULA

maresia, eletroqumica, Ensino de Qumica

Neste trabalho, apresentamos algumas idias e sugestes de abordagem do tema eletroqumica, mais especificadamente da corroso de metais em regies litorneas afetadas pela maresia, que podem ser abordadas no Ensino de Qumica tanto para o Ensino Mdio como no Ensino Superior. Procuramos, nessa abordagem, meios que nos permitam superar a dicotomia teoria-prtica to freqente nas aulas de Qumica.

v26a05.pdf

cidos Carboxlicos e Sobrevivncia: Uma Experincia de Sala de Aula

Hebe R. C. Peixoto e Andria Regina de Oliveira

RELATOS DE SALA DE AULA

cidos graxos, gorduras, sade

Entendemos que a escola deve preparar os indivduos para viver e atuar consciente e eticamente em sociedade. Para tanto, o ensino de qumica precisa fornecer ferramentas para que os alunos possam entender o sistema produtivo e o meio ambiente em que vivem, alm de possibilitar a reflexo sobre os custos e benefcios envolvidos no desenvolvimento social. Neste relato, apresentada uma proposta de ensino baseada no tema "leos, gorduras e sade", que buscou envolver afetivamente os alunos por meio de um corpo de conhecimentos formalmente organizados, potencialmente significativos e desencadeados a partir das idias que os alunos trouxeram para a sala de aula.

v26a06.pdf

O Congresso de Karlsruhe e a Busca de COnsenso sobre a Realidade Atmica no Sculo XIX

Maria da Conceio Marinho Oki

HISTRIA DA QUMICA

Histria da Qumica, atomismo, Congresso de Karlsruhe

No sculo XIX, a comunidade dos qumicos enfrentou muitas divergncias no campo terico a respeito de questes fundamentais para o avano da Qumica como debates sobre o atomismo. Na busca de consenso sobre tais questes, bem como de regras para o seu adequado funcionamento, os cientistas reuniram-se em muitos congressos cientficos, sendo o mais importante deles o Congresso de Karlsruhe; o primeiro Congresso Internacional que aconteceu em 1860, discutindo definies de tomos, molculas e equivalentes e buscando trazer coerncia para as disputas nesse campo.

v26a07.pdf

O Lavoisier que No Est Presente nos Livros Didticos

Paulo Henrique Oliveira Vidal, Flavia Oliveira Cheloni e Paulo Alves Porto

HISTRIA DA QUMICA

Lavoisier, livros didticos, conservao da massa

O artigo apresenta algumas contribuies de Antoine Laurent Lavoisier (1743-1794) para a construo da Qumica Moderna que podem ser utilizadas didaticamente. As informaes encontradas em uma fonte primria (Tratado Elementar de Qumica, de Lavoisier) so confrontadas com os relatos encontrados em livros didticos de Qumica e algumas discrepncias so apontadas. Observa-se que alguns conceitos desenvolvidos por Lavoisier so relevantes para o Ensino de Qumica atual, e sua discusso pode despertar reflexes teis para os discentes e docentes do Ensino Mdio.

v26a08.pdf

Prottipo de Reator Anaerbico: Tratamento de Esgoto Domstico nas Escolas

Mrcia M. Kondo e Vincius A. M. Rosa

EXPERIMENTAO NO ENSINO DE QUMICA

tratamento de efluente, reator anaerbio, materiais reciclveis

Este trabalho visa construo de um prottipo de uma estao de tratamento de esgoto (ETE), a partir de materiais reciclveis, que possa ser confeccionada por alunos do Ensino Fundamental e Mdio. Esse modelo consiste em um reator anaerbio de fluxo ascendente. A eficincia do tratamento pode ser observada pela melhora na aparncia do efluente.

v26a09.pdf

Experimentos para a Identificao de ons Ferro em Medicamentos Comerciais

Izabel Cristina Eleotrio, Keila Bossolani Kiill, Jeosadaque Jos de Sene, Luiz Henrique Ferreira e Dcio Rodney Hartwig

EXPERIMENTAO NO ENSINO DE QUMICA

Ensino de Qumica, experimentao, ferro

A deficincia de ons ferro no organismo d origem a um estado de anemia. Assim, a indicao dos especialistas na rea a administrao, por via oral, de sal de sulfato ferroso (FeSO4). 4Neste artigo, apresenta- se uma proposta de atividade para identificar os ons ferro constituintes da substncia presente em maior concentrao nos medicamentos Sulferrol©, Perfer© e Vitafer©. Com tal proposta, pretende-se incentivar estudos sobre reaes qumicas, processos de separao de mistura e identificao de um elemento qumico.

v26a10.pdf

Um Experimento Simples e de Baixo Custo para COmpreender a Osmose

Heberth Juliano Vieira, Luiz Carlos Soares de Figueiredo-Filho e Orlando Fatibello-Filho

EXPERIMENTAO NO ENSINO DE QUMICA

osmose, membranas semipermeveis, sacarose

Neste artigo, prope-se a realizao de um procedimento experimental para trabalhar o conceito de osmose bem como demonstrar suas aplicaes. O procedimento experimental proposto desenvolvido empregando-se material de fcil aquisio e seu resultado pode ser obtido em um tempo relativamente curto. O experimento pode ser realizado com turmas de diferentes nveis de ensino que buscam compreender situaes reais, envolvendo o conceito de osmose.

v26a11.pdf

Corroso de Metais por Produtos de Limpeza

Elizabeth Teixeira de Souza, Cristiane Arago de Souza, Fernando Benedicto Mainier, Pedro Ivo Canesso Guimares e Fbio Meron

EXPERIMENTAO NO ENSINO DE QUMICA

corroso, metais, produtos de limpeza

A corroso um fenmeno qumico comumente presente em nosso cotidiano e que possibilita a abordagem de vrios conceitos qumicos, bem como sua correlao com aspectos tecnolgicos, sociais e ambientais. A partir de materiais caseiros e de baixo custo, desenvolveu-se um experimento simples para avaliar a corroso de metais por produtos de limpeza.

v26a12.pdf


Voltar Coleo Completa
 
on-line ISSN 2175-2699
impreso ISSN 0104-8899
Apoio a Projetos
CNPq
Desenvolvido por EKMF.