Voltar Coleo Completa | Ir ao Volume Anterior

QNEsc Vol. 44 No2

Qumica Nova na Escola
Vol. 44 No2
Maio de 2022

Editorial

editorial.pdf Editorial PDF   HTML

Os Editores

 

Expediente/Sumário

20-Normas.pdf PDF: Expediente/Sumário

  

Síntese do Ácido Acetilsalicílico: Uma proposta para Laboratórios de Graduação empregando a Química Verde

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160301

Larissa de A. Domingues
Cássia G. Magalhães
Marilei C. M. Sandri

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

A Química Verde se estrutura em 12 princípios, de maneira a conservar a produtividade e utilizar matérias-primas seguras. Na síntese orgânica, pode ser aplicada para a melhoria de procedimentos experimentais, tornando-os ambientalmente mais amigáveis e seguros para os executores. Assim, o propósito deste trabalho foi otimizar a síntese do ácido acetilsalicílico (AAS) por meio da substituição do catalisador e da redução do reagente em excesso, a partir de uma pesquisa bibliográfica de protocolos para identificar oportunidades de possíveis melhorias. A verdura química dos experimentos didáticos foi avaliada utilizando as métricas Estrela Verde, Matriz Verde e de massa. Houve êxito na proposta de substituição do catalisador convencional por outro mais seguro, sem prejuízo ao rendimento e à incorporação de átomos dos reagentes nos produtos, o que permitiu construir um novo protocolo de síntese do AAS, mais verde.   

ácido acetilsalicílico, experimentos didáticos, verdura química

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Abordagem dos temas Indústria 4.0 e sustentabilidade: contextualização baseada em fatos históricos e na cadeia produtiva do alumínio

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160302

Jefferson S. Ribeiro
Sérgio O. Freitas
Pedro I. S. Maia
Carla R. Costa

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) contempla termos bastante difundidos na sociedade atual, como digital e tecnologia, que caracterizam o atual cenário histórico denominado Indústria 4.0, bem como sustentabilidade, que tem influenciado consideravelmente as decisões estratégicas empresariais. A BNCC menciona que é necessário discutir com os estudantes os impactos da tecnologia no funcionamento da sociedade e suas consequências para o desenvolvimento sustentável. Assim, os temas Indústria 4.0 e sustentabilidade podem ser abordados de forma contextualizada no Ensino Médio e nos cursos de formação continuada de professores. Este artigo tem como objetivo relatar as experiências vivenciadas com professores cursistas do PROFQUI e com estudantes do Ensino Médio durante a abordagem dos temas Indústria 4.0 e sustentabilidade, relacionando-os a eventos históricos e à cadeia produtiva do alumínio..  

Revoluções Industriais, desenvolvimento sustentável, mineração

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

A Educação Ambiental na práxis do Antropoceno e dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160303

Jussara L. de Miranda
Priscila Tamiasso-Martinhon
Rosana Gerpe
Raquel F. de Oliveira
Priscila de S. Faria
Ariane S. Gonçalves

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Neste artigo são abordadas criticamente as inter-relações entre educação ambiental (EA), as discussões sobre o Antropoceno e as propostas para os objetivos de desenvolvimento sustentável no contexto do ensino de química. São apresentadas atividades de EA no ensino de química, na perspectiva crítica, contemplando temas ambientais relevantes em nosso país em uma abordagem interdisciplinar e transdisciplinar, como, por exemplo, os impactos sociais das mudanças climáticas. Essas atividades basearam-se nas vivências de nossos grupos de pesquisa adotando as metodologias de oficinas temáticas e abrangendo os eixos de ensino, pesquisa e extensão na UFRJ, nos níveis de pós-graduação, superior, médio e fundamental de ensino. A fundamentação teórica para a realização dessas oficinas consistiu no entrelaçamento entre os pressupostos freirianos e humanistas de Carl Rogers, destacando-se o emprego do protagonismo do educando/indivíduo, assim como a responsabilização por suas escolhas e atuação no mundo..  

educação ambiental crítica, desenvolvimento sustentável, antropoceno

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

A Contextualização da Temática Energia e a Formação do Pensamento Sustentável no Ensino de Química

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160304

Fernanda W. Adams
Simara Maria T. Nunes

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Problematizar o ensino de química contribui para que o estudante compreenda a realidade fazendo uso destes conhecimentos para interpretá-la. Objetiva-se relatar a experiência de pibidianas na elaboração/ implementação/avaliação de uma sequência didática contextualizada com a temática Energia e Sustentabilidade no processo de ensino e aprendizagem de estudantes do segundo ano do Ensino Médio de uma escola pública do interior do Estado de Goiás. Esta partiu da problemática: O que levar em consideração na hora de se abastecer um carro flex, o rendimento ou a consequência ambiental (poluição do ar)? Trata-se de uma pesquisa qualitativa, tendo questionários prévio e posterior como instrumentos de coleta de dados, analisados a partir da Análise Textual Discursiva. Observou-se que os estudantes compreenderam os conceitos de termoquímica, energia, reação de combustão e fizeram uso destes para refletir e mudar de atitude frente à problemática proposta. Assim, cumpriu-se o objetivo de formar estudantes críticos e com pensamentos sustentáveis.  

sequência didática, combustíveis e energia, sustentabilidade

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Estudo de Caso Interrompido na Promoção de Conhecimento Ambiental de Graduandos em Química: Resíduos Sólidos Urbanos em Foco

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160305

Mikeas S. de Lima
Ícaro M. Oliveira
Salete L. Queiroz

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

O presente trabalho tem como objetivo relatar a aplicação de um estudo de caso interrompido sobre resíduos sólidos urbanos junto a graduandos em química. Ao final do processo, os estudantes preencheram quadros que sintetizavam a resolução dos casos, os quais foram analisados visando à compreensão do conhecimento ambiental com o qual tiveram que lidar e a extensão da associação deste conhecimento às metas estabelecidas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Os resultados indicaram a associação do conhecimento ambiental adquirido pelos estudantes com várias metas, com destaque para as de Consumo e Produção Responsáveis. As suas percepções frente à estratégia didática empregada também foram alvo de atenção, tendo sido identificado o reconhecimento do desenvolvimento de habilidades como trabalho em grupo, pensamento crítico e resolução de problemas.  

estudo de caso interrompido, conhecimento ambiental, ensino superior de química

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Sustentabilidade e Educação Ambiental no Ensino de Química: contribuições para a tomada de consciência sobre agricultura sustentável

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160306

Daniel das C. de A. Ribeiro
Tania D. M. Salgado
Carla Sirtori
Camila G. Passos

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Este artigo visa analisar o processo de tomada de consciência dos estudantes a respeito dos problemas socioambientais relacionados aos agrotóxicos e das possibilidades da agricultura sustentável, a partir da vivência da metodologia da Resolução de Problemas. A pesquisa foi desenvolvida com 109 estudantes de diferentes níveis de ensino da Educação Básica, de três escolas públicas estaduais de Porto Alegre/RS. Os dados foram produzidos através de registros no Diário de Campo, questionários e de produções escritas dos educandos, para posterior análise qualitativa e interpretativa. Com o conjunto de dados analisados identificamos que no Ensino Fundamental os estudantes passaram a ter maior clareza sobre o conceito de agrotóxicos e possibilidades de plantios alternativos. Aspectos como a classificação dos tipos de agrotóxicos, policultura e agricultura orgânica foram destaque nas resoluções do Ensino Médio. No Técnico em Química verificamos o aprofundamento conceitual e criticidade quanto às relações dos fatores econômicos e políticos imbricados nas questões ambientais.  

resolução de problemas, ensino de química, agricultura sustentável

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Educação Ambiental nos cursos de Química da UFPel através da Química Verde

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160307

Raquel G. Jacob
Márcio S. Silva
Daniela Hartwig
Eder J. Lenardão

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Neste artigo é apresentado um breve relato sobre a inclusão e a evolução da Educação Ambiental nos currículos dos cursos de Bacharelado em Química Industrial, Bacharelado em Química e Licenciatura em Química da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), tendo como base a Química Verde e Sustentável. A partir do texto, pode-se evidenciar que a evolução desses cursos se deu não somente pela inclusão de disciplinas voltadas para a Educação Ambiental, mas também pela aplicação desse conceito em atividades de pesquisa e, mais recentemente, pela prática extensionista.  

química verde, educação ambiental, currículo

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Ambiente temático virtual de Química Verde para simulações de sínteses no Ensino de Química na perspectiva do desenvolvimento sustentável

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160308

Patricia L. Rüntzel
Carlos Alberto Marques

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Este trabalho apresenta o processo de construção, o formato, os conteúdos e as várias funções de um Ambiente Temático Virtual de Química Verde. Sua construção emergiu nos encontros do Grupo de Investigação no Ensino de Química/UFSC e teve o apoio de estudantes bolsistas da área de design e de programação. Contém simulações de sínteses químicas visando à análise da verdura química por meio da métrica holística Estrela Verde, empregando uma calculadora de massa molecular e dados extraídos de fichas de segurança de substâncias químicas. É uma espécie de laboratório virtual para uso de professores, estudantes do Ensino Médio e da graduação em Química. O ambiente virtual está metodológica e didaticamente estruturado numa perspectiva de cuidados com o ambiente e da sustentabilidade (ambiental), problematizando aspectos referentes à segurança física e ambiental de processos químicos, contribuindo assim, aos objetivos de uma Educação para o Desenvolvimento Sustentável.  

ambiente temático virtual, ensino da química verde, objetivos para o desenvolvimento sustentável

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

O Ensino de Química e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável: um estudo das produções do Mestrado Profissional em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160309

Ariane B. Lourenço
Gérsica M. N. da Silva
Aldrei Jesus G. Batista
Karen Cristina P. Musetti
Paula P. P. de Carvalho
Vinicius P. Dictoro
Tadeu Fabricio Malheiros

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Um tema dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de grande importância à sociedade é a água. Para promover discussões sobre a mesma e a conscientização de seu uso, a educação configura-se como uma aliada importante, bem como o ensino de química, por fornecer conhecimentos científicos a tal empreitada. Dado esse quadro, objetivamos investigar como o tema água vem sendo discutido no contexto do ensino da química em dissertações produzidas pelo Mestrado Profissional em Rede Nacional para Ensino das Ciências Ambientais (PROFCIAMB). Foram analisadas dissertações defendidas de 2018 a 2020, com esse perfil, sendo sete no total. Os resultados da investigação revelaram que conceitos de química foram abordados no contexto da temática água e a partir de distintas estratégias de ensino, como jogo, visita de campo, experimentos, etc., para trabalhar com o tema água, e esse processo apresentou desdobramentos direcionados ao desenvolvimento sustentável. As ações desenvolvidas têm aderência com sete ODS, contribuindo para dez metas da Agenda 2030.  

água, ensino de química, formação de professores, desenvolvimento sustentável

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Agroecologia e a imagem pública da Química para além do desenvolvimento sustentável

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160310

Ângela Rita Teixeira
Ivana Cristina Lovo
Paulo A. Porto
Anielli Fabiula G. Lemes

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

O presente artigo investiga uma atividade de extensão desenvolvida com estudantes do primeiro ano do ensino médio de uma escola do campo sobre a temática da agroecologia no ensino de ciências da natureza, destacando o ensino de química e a imagem pública da química. O objetivo é discutir as potencialidades e limites de atividades para o levantamento de falas significativas de forma dialógica e problematizadora, a partir da discussão sobre agroecologia. Após a seleção das falas expressas no âmbito da atividade, utilizamos a análise de conteúdo para construir o tema gerador agrotóxicos, e discorremos sobre a possibilidade de contribuir para o debate da imagem pública da química.  

ensino de química; educação do campo; agrotóxicos

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

O uso de uma camada de gás carbônico em aquecedor solar de água feito com materiais reutilizados

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160311

Emerich M. Sousa
Lara G. Teixeira
Samanttha S. Oliveira

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

O presente trabalho descreve uma investigação cujo objetivo foi observar a influência do gás carbônico como gás estufa no aquecimento de água em aquecedor solar feito de materiais reutilizados. A temperatura da água de um aquecedor contendo uma camada de garrafas PET preenchidas com gás carbônico foi comparada com a temperatura da água de um aquecedor controle. Utilizou-se sensor de temperatura acoplado ao Arduino, que é uma plataforma de prototipagem eletrônica open source. Foram realizadas medições com a camada de gás estufa posicionada diretamente sobre o sistema de canos do aquecedor e posicionada a uma altura de 40 cm sobre o aquecedor. Observou-se que a camada de gás carbônico interferiu no aquecimento da água nas duas situações e, quando posicionada a uma altura de 40 cm, reduziu as perdas de calor especialmente no período da madrugada e horas iniciais de insolação. A presença do gás estufa, nessas condições, colaborou para a manutenção da água em temperaturas maiores do que sem a camada de gás estufa.  

aquecedor solar, gás estufa, eficiência energética

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Perspectives on education for sustainability in chemistry teaching

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160312

Christian Zowada
Kai Niebert
Ingo Eilks

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

The media landscape and the public debate are full of reports about the threats caused by unsustainable lifestyles by large parts of the global society today. Climate is changing, water is polluted more and more, natural resources are progressively exploited, inequalities are increasing. It is under constant debate whether and how far humans can continue affecting our planet until these developments lead to irreversible changes in the environment and human life. Regardless of exactly how these changes come to place and what they cause in the end, the political answer is the demand for more sustainability. Sustainable development asks for a way of life that does not permanently damage our planet, so that future generations can still live on earth and meet their needs without being too restricted by both todays contamination of the environment and consumption of resources. It is clearly suggested that this task applies to all school subjects, including chemistry. The aim of this article is to provide an overview of selected concepts in the context of sustainability and refers them to education in general, and chemistry teaching in particular.  

sustainability, education for sustainable development, chemistry education

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Projeto Preservando as Raízes do Mangue: a aprendizagem de química baseada em projetos e voltada para o desenvolvimento sustentável

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160313

Ívina L. Santana
Luciana R. Nascimento
Bruna M. Damm
Mayara L. Oliveira
Marcos B. J. G. Freitas
Paulo R. G. Moura

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Relata-se uma prática docente na qual os conteúdos de soluções e velocidade de reação foram trabalhados em um projeto de aprendizagem desenvolvendo um processo sustentável de produção de panelas de barro no bairro de Goiabeiras - Vitória/ES. Para isso, os alunos de uma escola pública de ensino médio alteraram fatores que influenciam a velocidade e eficiência de extração da tinta usada na produção da panela. Eles modificaram a superfície de contato do extrato, a natureza do solvente extrator e a temperatura de extração da tinta, criando um novo processo que usa menos cascas de árvore e em menos tempo, diminuindo o impacto ambiental decorrente da produção de panelas de barro. Além do processo mais sustentável, o projeto também conseguiu: promover um ensino de química alinhado aos problemas locais e voltado para valorização da cultura; e desenvolver competências como criatividade, comunicação, colaboração, responsabilidade socioambiental e capacidade de resolver problemas.  

aprendizagem baseada em projetos, sustentabilidade, panela de barro

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Está chovendo microplásticos! E agora?

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160314

Aline S. F. Azevedo
Marcelo H. Herbst

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Este relato de experiência descreve intervenções presenciais e online, a partir de um planejamento adequado ao momento pandêmico, com alunos do terceiro ano do Ensino Médio de uma escola estadual localizada na Baixada Fluminense, RJ, com o objetivo de explorar o tema gerador Plásticos e Microplásticos no ensino de química orgânica/polímeros. O planejamento teve como apoio as diretrizes da Base Nacional Comum Curricular, o Currículo Mínimo do Estado do Rio de Janeiro, livros didáticos do PNLD 2021 e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, da UNESCO. Os resultados mostram que a temática, tão presente em nosso cotidiano, era praticamente desconhecida pelos alunos, e servem para reforçar o quanto é necessário discutir e desenvolver o tema na Educação Básica. Além de promover o ensino da Química através da aproximação dos alunos com a ciência e a tecnologia, também foi possível incentivar o pensamento crítico e a reflexão sobre o consumo sustentável e o descarte adequado de resíduos plásticos.  

microplásticos, ensino de química, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

O uso do AVA na construção de experiências formativas em uma perspectiva socioambiental crítica

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160315

Fábio F. Souza
Caroindes J. C. Gomes
Vânia G. Z. Zeidler

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

Neste artigo descrevemos o desenvolvimento, o uso e a avaliação de um ambiente virtual de aprendizagem para complementar as aulas presenciais de duas disciplinas, oferecidas em um curso de Licenciatura em Química. Fundamentamos a discussão nos escritos de Walter Benjamin, investigando as potencialidades e limitações da plataforma Moodle para a construção de conhecimentos químicos em uma perspectiva socioambiental crítica. Por meio da análise de conteúdo, estudamos as postagens nos fóruns e as questões respondidas pelos discentes para avaliar a ferramenta. Observamos que os recursos utilizados podem propiciar práticas emancipatórias, desde que não sejam concebidos distantes do contexto histórico e social dos estudantes, uma vez que não estimulam a reflexão, o engajamento discente e a construção dialógica quando usados com um fim em si mesmos.  

ambiente virtual de aprendizagem, experiências formativas, socioambiental

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

A Temática dos Agrotóxicos para o Ensino de Química Orgânica: Uma Experiência com o Método do Estudo de Caso no Ensino Médio Regular

DOI: http://dx.doi.org/10.21577/0104-8899.20160316

Laurine C. P. da Silva
Verônica J. V. da Silva
Thaís N. Lopes
André M. dos Santos

Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

O ensino de Química tem papel fundamental em ampliar os horizontes do aluno para interpretar e intervir de forma ética e sustentável na realidade a seu redor. Nesse sentido, práticas de sala de aula que tornem o aluno mais crítico e reflexivo são necessárias. Este trabalho relata uma experiência com uso do Método do Estudo de Caso (EC) com o tema agrotóxicos, evidenciando a relação da Química com a sociedade e o ambiente, contribuindo para que o ensino de Química seja potencialmente significativo. Os resultados mostraram que os estudantes passaram a conceituar corretamente agrotóxicos, refletiram quanto a sua aplicação e alternativas sustentáveis ao seu uso. Esse contexto foi utilizado para o aprendizado sobre compostos orgânicos - estrutura e propriedades físico-químicas. A partir disso, treinaram habilidades de argumentação, trabalho em equipe, resolução de problemas e posicionamento crítico sobre o uso de agrotóxicos e alternativas como alimentos orgânicos e biopesticidas.  

contaminação ambiental, química orgânica, ensino de química

02-EQM-29-12.pdf PDF: Ensino de Química para o Desenvolvimento Sustentável

 

Revista Completa 44-2

20-Normas.pdf PDF: Revista Completa

 

Normas

20-Normas.pdf PDF: Normas para Submissão

 

Sociedade Brasileira de Qumica 2022

Voltar Coleo Completa | Ir ao Volume Anterior

on-line ISSN 2175-2699
impreso ISSN 0104-8899
Apoio a Projetos
CNPq
Desenvolvido por EKMF.