Redes Sociais
Edição Atual
Artigos no Prelo
Edições Anteriores
Cadernos Temáticos
Vdeos
Qumica Nova na Escola - Captulo 1
Qumica Nova na Escola - Captulo 2
 
Revista Química Nova na Escola

A Revista Química Nova na Escola (QNEsc), com uma periodicidade trimestral, propõe-se a subsidiar o trabalho, a formação e a atualização da comunidade do Ensino de Química brasileiro. QNEsc integra-se à linha editorial da Sociedade Brasileira de Química, que publica também a revista Química Nova, o Journal of the Brazillian Chemical Society e a Revista Virtual de Química - editorados pela PubliSBQ.

Química Nova na Escola é um espaço aberto ao educador, suscitando debates e reflexões sobre o ensino e a aprendizagem de química. Assim, contribui para a tarefa fundamental de formar verdadeiros cidadãos. Nesse sentido, a Divisão de Ensino disponibiliza neste portal, na íntegra, e de forma totalmente gratuita, todos os artigos publicados no formato PDF, além dos Cadernos Temáticos publicados desde 2001 pela Divisão de Ensino. 

 

Chamada de artigos para Química Nova na Escola

 

Química Nova na Escola convida autores e autoras a submeter textos de pesquisa e relatos de experiência sobre a temática Ludicidade no Ensino de Química

É crescente a utilização da ludicidade no ensino de Química nos últimos anos no Brasil. Há vários pesquisadores que se debruçam sobre essa temática, além do desenvolvimento de diversas atividades em todos os níveis de ensino envolvendo a temática. A ludicidade vem sendo uma das alternativas frequentemente utilizada nos vários projetos do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) em várias universidades. Com essa abrangência, Química Nova na Escola reservará espaço para publicar artigos que tratem do assunto.

Deve-se justificar o enquadramento do texto nessa convocação na Carta de Apresentação e selecionar no item Tipo do Manuscrito a opção Ludicidade no Ensino de Química. Os textos submetidos em função dessa convocação devem seguir as seguintes Normas de Submissão:

 

Seção Ludicidade no Ensino de Química

 

Editor Convidado: Marlon Herbert Flora Barbosa Soares

 

O campo da ludicidade é amplo, incluindo desde jogos competitivos, colaborativos, uso de HQ, jogos teatrais, até recreações, jogos digitais, experimentos lúdicos, entre outras propostas correlatas.  Serão aceitos dois tipos de submissão:

- Textos que tragam discussões teórico-metodológicas ou epistemológicas sobre a temática, com o uso de referenciais teóricos claros, objetivos e questionamentos de pesquisa explicitados no corpo do texto. A metodologia utilizada, a análise e discussão dos resultados de forma crítica, bem como as contribuições do trabalho para a área da ludicidade no ensino de química, também devem ser apresentadas (limite de páginas: 25).

- Relatos de experiência que descrevam aplicações da ludicidade em sala de aula para estudantes dos níveis básico e superior, desde que justificadas as inovações em sala de aula e que contenham discussão dos resultados apresentados. Não serão aceitos simples proposições sem a devida aplicação e análise dos resultados (limite de páginas: 20).

           

Abaixo, segue o calendário editorial dessa chamada:

08/03/24: Lançamento da chamada;

30/06/24: Prazo máximo para envio dos textos (autores do Rio Grande do Sul: prazo alterado para 21/07/24);

20/08/24: Prazo máximo para conclusão da primeira avaliação;

08/09/24: Prazo máximo para envio de correções;

Novembro/2024: Publicação dos textos aceitos no fascículo.

 

Quaisquer dúvidas a respeito dessa chamada podem ser encaminhadas por e-mail: qnesc@sbq.org.br

 

 Accesso Aberto

 

 Química Nova na Escola (QNEsc) é um periódico de acesso aberto completo. Todos os artigos publicados pela QNEsc são tornados acessíveis online livre e permanentemente logo após a publicação, sem taxas de assinatura ou barreiras de inscrição.

 Taxas de Publicação (TP)

 É exigido que os autores paguem uma taxa de publicação (TP) para ajudar a cobrir os custos de publicação dos seus artigos. A TP será aplicável somente após o aceite do manuscrito pelos Editores. Ressalte-se que a avaliação do manuscrito por Revisão por Pares ocorre normalmente.

 Valores das TPs

 Descontos são oferecidos a todos os autores correspondentes que são sócios efetivos ativos da Sociedade Brasileira de Química (SBQ) por pelo menos 2 anos sucessivos. Descontos adicionais são oferecidos sempre que 2 ou 3 ou mais artigos dos autores correspondentes são aceitos para publicação em um dado ano em quaisquer das quatro revistas publicadas pela SBQ, em qualquer sequência (QNEsc, Journal of the Brazilian Chemical Society, Química Nova e Revista Virtual de Química). Os valores das TPs para todos os artigos aceitos estão indicados abaixo. Para mais detalhes sobre as ideias relacionadas a esses valores de TPs, vide este comunicado da SBQ

Número de artigos aceitos em um dado ano*

TP para não sócios da SBQ, de instituições brasileiras (estrangeiras)

TP para sócios da SBQ por ≥2 anos, de instituições brasileiras (estrangeiras)

TP para sócios da SBQ por ≥5 anos, de instituições brasileiras (estrangeiras)

R$ / (US$)**

R$ / (US$)**

R$ / (US$)**

1

560,00 / (150.00)

448,00 / (120.00)

280,00 / (75.00)

2

504,00 / (135.00)

364,00 / (97.50)

196,00 / (52.50)

≥3

453,60 / (121.50)

280,00 / (75.00)

112,00 / (30.00)

* Aplicável às quatro revistas publicadas pela SBQ (vide acima), em qualquer sequência. Por exemplo, para sócios efetivos ativos da SBQ por ≥2 anos de instituições brasileiras, se três artigos seus são aceitos em um dado ano, o 1º deles pela QNEsc, o 2º deles pela Revista Virtual de Química e o 3º deles pela QNEsc, a TP para o 1º artigo é R$ 448,00, enquanto a TP para o 3º artigo é somente R$ 280,00.

** Pagamentos de autores de instituições estrangeiras são processados por PayPal.

 

Indexações

Chemical Abstracts, Latindex, Portal de Periódicos da CAPES, CCN/IBICT, Google Acadêmico, Unibibliweb e DOAJ: Directory of Open Access Journals

 

 Apoio a Projetos:   

 

 

 

Google
Pesquise Nossos Artigos:
on-line ISSN 2175-2699
impreso ISSN 0104-8899
Apoio a Projetos
CNPq
Desenvolvido por EKMF.